Hamsá – o gesto da paz

Hamsá

Hamsá

Prece do Hamsa ligado a Kaballah:

Não permita tristeza entrar por esses portões,

Não permita problemas vir por esses muros,

Não permita conflitos nesse lugar,

Que esse lugar seja lugar de benção, alegria e paz.

A Hamsá é um talismã que protege contra a inveja e o mau-olhado.

Oriundo da cultura árabe é muito popular entre praticantes do Judaísmo, Islamismo e também do Budismo.

Basicamente hamsá é o termo usado para o número 5. Assim como hamesh, sendo que Hamsá é de origem árabe e hamesh de origem judaica.

A imagem da mão espalmada está presente também no Budismo, é o mudrá Abhaya, significando destemor, ou a dissipação do medo.

Este amuleto possui ainda nomes diferentes de acordo com a cultura no qual está inserido:

  • Mão de Fátima, sendo esta a filha preferida do profeta Maomé;

  • Mão de Miriam, sendo esta a irmã de Moisés e Aarão;

  • chamada de Mudrá Abhaya.

Existem diversas variações do amuleto, algumas contendo um olho na palma da mão, outras letras em hebraico, diversas figuras composições de cores.

Segundo a Wikipédia existem evidências arqueológicas de que este símbolo é ainda mais antigo, ligado a Fenícia e a deusa Tanit, cuja mão seria capaz de afastar o mal.

Mudrá Abhaya

A vertente do Budismo é que mais afinidade eu tenho. O gesto de mão direita espalamda e levantada na altura do coração que o Buda faz afastando o mal é muito poderoso. Transmite paz, tranquilidade e segurança.

É um mudrá: posturas feitas com as mãos usadas na Ioga, na dança e nas imagens sagradas do Budismo para despertar e harmonizar os centros energéticos do corpo.

Contam histórias de que o Buda fez este gesto quando um elefante furioso surgiu a sua frente, o gesto acalmou e deteve o animal.

Este gesto da mão espalmada sendo colocada a frente do corpo também está ligado a uma exteriorização de energia, a mão com os dedos todos reunidos funciona como um amplo emissor de energia. Se você for reikiano isto será muito natural de ser executado.

Este singelo, e poderoso, gesto feito com a mão é encontrado em muitas outras culturas e atividades humanas, porém sem um nome específico. É o gesto de abençoar, de se despedir e de receber. Parece estar incutido em toda a Humanidade. Sendo aceito por todos como prova de paz e tranquilidade.

Tenho usado este símbolos nos colares e medalhas de orgonite que fabrico. Ficam muito bonitos.

Colar Hamsá

Colar Hamsá

Fontes:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Hams%C3%A1

Miriam

http://pt.wikipedia.org/wiki/Miri%C3%A3

Fátima

http://pt.wikipedia.org/wiki/F%C3%A1tima_(filha_de_Maom%C3%A9)

Tanit

http://pt.wikipedia.org/wiki/Tanit

Prece

http://escoladekabbalah.com/339/

Mudrás – as Mãos Como Símbolo Do Cosmos. Ingrid Ramm-bonwitt

:>

Anúncios

2 comentários sobre “Hamsá – o gesto da paz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s