Vídeo sobre Conselhos

Vídeo com ponderações sobre conselhos:

:>

 

Anúncios

2 comentários sobre “Vídeo sobre Conselhos

  1. Olá Luis Felipe, gosto muito de seus vídeos e queria fazer uma sugestão. Você tem conhecimento da Terapia de Constelações Familiares?
    Pergunto porque tenho visto muita gente fazer Constelação, inclusive já fiz uma, mas vejo que muitas vezes a pessoa tem que fazer várias constelações para o mesmo problema e mesmo assim não muda a situação numa única seção como a terapia promete (já que o custo por constelação não é barato (em torno de 350,00).
    Não estou aqui para criticar não, só queria saber como você vê esta terapia (caso conheça) e como pessoas que são totalmente fora da área terapêutica em apenas um curso tornam-se “Consteladores” sem terem conhecimento sobre energias, comportamento humano, estudo e demais atributos essenciais para ser um bom terapeuta.
    Agradeço se puder fazer um vídeo com seu ponto de vista sobre o assunto.

    abs
    Adriana

    Curtir

    • Olá Adriana,
      Grato pela visita ao blog e pelo comentário dos vídeos.

      Sobre as Constelações eu já li a respeito e participei de uma. Tenho um amigo que me fala muito bem e é fã desta modalidade.
      Mas não tenho muita sintonia com ela.
      Creio que as bases da Constelação não fazem parte das minhas crenças, mesmo que em um nível inconsciente eu possa compartilhá-las.

      Tenho inclusive que fazer um vídeo sobre crenças!!

      Eu lembro que postei alguns vídeos aqui no blog, mas de terceiros, falando sobre Constelação, mas faz algum tempo já.

      Sobre a terapia, seus resultados e os terapeutas eu concordo contigo. É bem complicado!!!
      Parte disto deve-se ao fato de que nesta área de terapias complementares não há como você estabelecer um padrão, uma referência. É tudo muito subjetivo e isto dificulta.
      Cada um de nós tem uma sensibilidade e em conjunto com nossas crenças estabelecemos uma interpretação. Se você considerar que muitos de nós possuem uma série de crenças limitantes e preconceituosas podemos observar que o resultado não pode ser muito bom mesmo.
      Um pouco de bom-senso já resolveria muita coisa, mas isto é artigo de luxo!!!! :>

      Mas eu não me preocupo muito com isto. É um aprendizado para todos.
      Acredito que a gente procura o terapeuta que necessitamos. Com as limitações que necessitamos.
      Agora, se vamos persistir em algo que não está tendo um bom resultado é outra história.
      Penso também que precisamos exercitar mais a crítica construtiva. Tanto com o terapeuta que nos atendeu quanto com a recomendação dele para outras pessoas.

      Acho que era isto.
      Escreva mais. E mande sugestões, fico muito grato.
      :>

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s