Contaminação da energia do Reiki


Encontrei em alguns sites alguns comentários sobre uma possível contaminação da energia do Reiki, mas este fato pode ocorrer com qualquer outra técnica de cura.

Esta contaminação é provocada pelo ambiente ou pelo reikiano, mas principalmente por este último.

Um aspecto que precisa ser bem compreendido é a diferença entre a energia do reikiano, que continua a existir como a de todo ser humano, e a energia Reiki.

Todos nós temos o nosso Ki, que fica armazenado em uma região abaixo do umbigo, ponto conhecido como Tanden. É esta energia que nós usamos no nosso dia a dia, gastamos, repomos, perdemos, trocamos, etc.

E a energia do Reiki é independente desta, o nosso Ki pessoal não entra na formação do Reiki.

Assim a energia do Reiki não pode ser contaminada pelo ambiente ou pelo reikiano. Ela é uma energia de uma qualidade superior, de uma frequência diferente e além disto ela é manipulada pelo nosso Eu Superior, não pela nossa consciência do dia a dia.

Já a energia do ser humano, nosso Ki pessoal, pode ser contaminada por uma imensa quantidade de fatores tais como nosso estado psicológico, físico, por outras energias provenientes do ambiente e por padrões de pensamento.

Uma pessoa normal tem a sua energia pessoal afetada por um estado depressivo por exemplo e isto também ocorre com o Ki pessoal do reikiano. Ser um reikiano não nos torna diferente neste aspecto.

Quando um reikiano vai fazer uma aplicação de Reiki ele pode oferecer tanto o Reiki quanto a sua própria energia pessoal. Desta forma fica fácil perceber que a energia contaminada oferecida pelo reikiano é a sua própria, seu Ki pessoal.

Se o reikiano oferecer a usa própria energia ele vai estar suscetível de oferecer uma energia contaminada de forma negativa e prejudicial ao cliente. Será uma energia polarizada de forma equivocada, que cria um laço energético unindo os dois. Laço este que pode permanecer por um tempo maior do que o tempo da aplicação, causando prejuízos para ambos os lados.

Mas o que faz um reikiano oferecer a sua própria energia, ainda mais se ela é passível de

ser contaminada negativamente?

– O principal fator que causa a interrupção da canalização do Reiki e o início da doação de nossa própria energia é a sintonia, que é a ligação emocional entre o reikiano e a pessoa que está recebendo a energia.

Toda vez que o reikiano se “compadece” da dor do outro, toda vez que o reikiano quer resolver o problema do outro, toda vez que o reikiano não entende o sofrimento do outro, ocorre uma sintonia entre as duas energias, do reikiano e da pessoa que está recebendo.

Se o reikiano sentir pena do seu cliente, ou então tentar influenciar a aplicação em um sentido ou outro irá provocar a sintonia energética que prejudica ambos.

Se ao fazer a aplicação eu resolver que o cliente precisa parar de fumar, precisar sair da depressão eu estou criando um laço energético com o problema do cliente e me sintonizando com ele. Este processo abre a possibilidade de eu enviar o meu Ki pessoal, que pode estar contaminado, para o cliente.

Outra possibilidade é a sintonia que ocorre de forma inconsciente. Esta é bem difícil de ser observada, é bem sutil.

Esta sintonia inconsciente vai ocorrer quando eu tenho em mim o mesmo problema do meu cliente e permito que ele me afete racional ou emocionalmente. É claro que todos nós como seres humanos compartilhamos as dores e as alegrias as mais diversas, mas durante uma aplicação de energia é preciso criar mecanismos para evitar que este processo se estabeleça, pois pode prejudicar o tratamento.

O mestre Mikao Usui recomendava o esvaziar-se antes da aplicação do Reiki, ou seja, a meditação Gasshô. Havia também a recomendação da execução do Reiji-ho, indicação da alma, antes do início da aplicação.

Estas duas recomendações promovem uma separação entre as energias do reikiano e da pessoa que vai receber o Reiki. Esta separação evita a sintonia e em consequência a contaminação energética do cliente com a energia do reikiano.

Eu creio que sempre vai ocorrer algum tipo de sintonia entre o terapeuta e o cliente. É muito difícil a gente se manter intocado pela dor ou pelo problema do outro. Mas é sempre aconselhável se manter atento ao momento em que isto começa a ocorrer para bloquear o processo.

O principal indicador de que se estabeleceu uma sintonia nociva entre o reikiano e o cliente é quando o reikiano começa a sentir cansaço, fome, irritação. São indicadores de que estamos doando a nossa energia e não o Reiki.

No momento em que percebemos este fato ocorrendo devemos interromper a aplicação, nos afastar da maca e procurar nos centrar novamente, seja efetuando uma breve meditação, seja traçando os símbolos do Reiki para cortar o vínculo energético. Após este breve período voltamos a aplicação. Ocorrendo novamente estes sintomas repetimos o processo. Isto deve ser feito tantas vezes quantas forem necessárias para cortar a sintonia. Com o tempo aprendemos a fazer isto de forma bem rápida e eficaz.

A contaminação energética durante uma aplicação de Reiki ocorre e é um fato indesejado. Com o tempo e com um treinamento adequado o reikiano arrende a identificar e interromper este processo. É o caminho para nos tornarmos reikianos, canais de Reiki, cada vez melhores.

Assim, observar-se é a melhor forma para evitar que se estabeleça uma sintonia indesejada entre o reikiano e o cliente.

Aceitar também que este fato pode ocorrer e que é prejudicial para ambos também faz parte.

Um reikiano que esteja criando laços energéticos com seus clientes irá se debilitar cada vez mais, isto, com o tempo, pode comprometer a saúde física do reikiano. Permitindo o surgimento de doenças e de processos debilitantes no organismo. Por pouco tempo e em ocasiões esparsas o prejuízo pode nem ser sentido, mas com a repetição sistemática o dano é considerável.

É preciso estar atento!

:>

Prepare-se para o portal do equinócio


Prepare-se para o portal do equinócio

De 21 de setembro de 2013

Mensagem de Selácia

15 de Setembro de 2013

O próximo Equinócio é um dos principais portais de energias que restam em 2013. Outros portais incluem o eclipse solar de Novembro, na Lua Nova. Quando experiencia cada um destes portais, você tem uma oportunidade de acelerar intensamente o seu crescimento espiritual e encontrar um novo equilíbrio em sua vida.

Compreendendo os portais de energia

O que é um portal de energia?

É uma poderosa janela do tempo em que você percebe mais sobre si mesmo e o seu mundo.

É um momento em que você pode se conectar de forma mais tangível com o espírito e com as forças invisíveis benevolentes – recebendo insights úteis sobre a direção de sua vida.

É um momento em que você tem níveis expandidos de ajuda para ultrapassar os seus obstáculos e na limpeza de coisas que já não mais lhe servem.

Ao se conduzir para um destes portais de energia, é comum experienciar um passeio de montanha russa, sentindo-se no topo do mundo em alguns dias e em outros dias se sentindo em desespero sobre o seu próximo passo.

Você também pode ter dores de cabeça e outros sintomas físicos inexplicáveis e desconfortáveis, pouco antes ou até mesmo na data do portal.

Se isto lhe acontecer, compreenda que você está processando energia e, enquanto faz isto, você pode se sentir cansado ou ter um desconforto temporário.

Como um profissional experiente, você aprende que estes sintomas temporários não são causas para alarme. Compreenda que você irá ultrapassá-los mais facilmente quando se interiorizar e participar dos processos espirituais destinados a elevar a sua frequência.

Sentindo-se bem esta semana, mas ainda tonto com os recentes altos e baixos?

Aqui estão algumas perspectivas.

O recente passeio de montanha russa

Seu recente passeio de montanha russa das últimas semanas realmente foi ainda mais intenso do que alguns ciclos que você experienciou em 2012.

Para compreender o motivo, lembre-se de que houve um enorme acúmulo de energias ao longo de 2012, levando ao Solstício de 21 de Dezembro de 2012.

No final de cada ciclo de altos e baixos ao longo de 2012, você poderia se ligar a uma frequência mais elevada de energia. Algumas vezes o sentimento era palpável. Outras vezes, você simplesmente sabia que a energia mais elevada estava lá, e se ligava intencionalmente a ela.

Este ciclo de altos e baixos aconteceu inúmeras vezes em 2012, e a cada portal de energia havia um impulso maior.

Há muitos equívocos em relação ao que a data do Solstício de 21 de Dezembro significou para a sua evolução espiritual, e certamente o que isto significa em termos práticos cotidianos tangíveis.

Sim, as energias a que você se ligou e ajudou a co-criar levando até o Solstício de 21 de Dezembro, foram de uma frequência mais elevada do que anteriormente – e você teve significativas oportunidades de crescimento espiritual indisponíveis em ciclos anteriores.

No entanto, o Solstício de 21 de Dezembro não foi o momento final em sua ascensão e em sua evolução espiritual.

Estas coisas acontecem em um processo ao longo do tempo. Isto demorou um longo tempo – incluindo o crescimento espiritual em inúmeras vidas passadas – para chegar à fase energética do crescimento espiritual em que agora você reside.

Não subestime o que o levou a conseguir isto. Não desconsidere a trajetória tempestuosa e muitas vezes, complicada – que você percorreu para chegar onde está hoje.

Você deve se honrar – e honrar onde esteve – por chegar a este ponto.

Tenha gratidão por ter sido capaz de ser um daqueles que puderam permanecer no caminho espiritual através de todas as incógnitas, todas as dúvidas e todo o terreno acidentado.

Fazer o que você tem feito requer grande mestria, grande dedicação e grande perseverança.

Isto exige um grande amor próprio e confiança, também.

O seu, com certeza, não é um caminho para pessoas superficiais. Requer que você integre o espírito em sua vida diária, e que você aprenda a viver em seu coração, em vez de em seu ego.

É preciso um trabalho interno contínuo e auto-reflexão, que o seu ser esteja disposto a tratar de assuntos inacabados do seu passado. Este passado inclui esta vida, vidas passadas e até o impacto ao nível de DNA dos seus padrões ancestrais.

Compreendendo os estados avançados no caminho

Ironicamente, o nível do trabalho interno associado a estados avançados no caminho espiritual é mais, não menos.

Por quê?

Somente quando você chega aos níveis mais avançados, você tem as qualidades espirituais da abertura, da vontade e do amor próprio necessários para investigar os níveis mais profundos do seu ser.

Somente então você pode ser bem sucedido ao abordar os bloqueios mais difíceis e mais ocultos para a sua iluminação.

Algumas pessoas em seus círculos podem estar em estágios iniciais em seu desenvolvimento espiritual. Você tem amigos que se afastaram. Algumas pessoas simplesmente não sabem como se comunicar com o “novo você” que está surgindo do seu processo de crescimento espiritual.

Não se preocupe com isto. Não tente corrigir a percepção das pessoas em relação a você, nem tente forçar a compreensão de coisas que as pessoas não estão preparadas para perceber.

Ninguém é deixado para trás

Não se preocupe em deixar as pessoas para trás. Ninguém é realmente deixado para trás no caminho espiritual – simplesmente há estágios individuais para cada pessoa.

Não há linha do tempo certa ou errada – cada pessoa desperta em seu próprio ritmo.

Seu papel como um transformador divino é permanecer corajosamente na vanguarda das grandes mudanças do mundo.

Você, através de sua própria presença e como vive a sua vida, será um farol para outros no caminho.

Alguns dos seus amigos e entes amados perceberão benefícios tangíveis de ser em torno do seu brilhante exemplo. Outros irão se beneficiar indiretamente, recebendo sementes vitais de transformação para um futuro despertar.

Lembre-se da grande cena com esta visão geral de 2012 a 2015.

Desde Junho de 2012, você esteve situado em um ciclo planetário incomum que catalisa uma mudança revolucionária, e este ciclo continua até março de 2015. Isto tem implicações de larga escala – para você, para todos a quem você ama, e para toda a humanidade.

No final, ninguém deixará de ser afetado por esta energia.

O que precisa mudar virá à luz.

Você está codificado nesta vida para percorrer o caminho como um agente de mudanças divino. Neste papel, você sabe intuitivamente que as revoluções que estão acontecendo agora – individuais e coletivas – são necessárias para realizar uma autêntica transformação.

Há tanta coisa que precisa mudar, mas isto simplesmente não poderá acontecer de um dia para o outro.

Você compreende que a Terra está em um ponto crítico – e que você se inscreveu para estar aqui, para mudar o equilíbrio para a luz.

Sua sabedoria interior sabe que há uma grande cena do que está se revelando agora, e você confia que está vivo agora para desempenhar um papel fundamental na reversão dos padrões do velho paradigma.

Agora, com as correntes emocionais complicadas, você precisará encontrar uma forma contínua de se concentrar e se estabilizar.

O que é necessário agora

Para fazer isto de forma mais eficiente, você precisará estar ancorado, em seu coração, e conectado a sua sabedoria interior. Aproveite-se das oportunidades de ficar em silêncio, meditar e se reunir com outros focados no caminho espiritual. Pratique comunicações centradas no coração tanto quanto possa, com tantas pessoas quanto possa.

Passe algum tempo com outros agentes de transformação divinos, dando e recebendo um fluxo de inspiração, de apoio e de cooperação. Use estas experiências para ajudá-lo a abrir o seu coração e a sua mente de uma maneira totalmente inovadora.

Lembre-se de que você é uma parte integrante da transformação do planeta.

As mudanças do mundo não estão apenas “lá fora” – elas estão acontecendo dentro de você.

A cada vez que você se torna mais auto-realizado e íntegro, catalisa uma onda de mudanças benéficas em todo o mundo.

A cada vez que você aprende a se amar um pouquinho mais do que antes – como quando você se permite ir da autocrítica ou da dúvida – o seu maior amor próprio se torna um farol para aqueles ao seu redor. As pessoas sentem isto e se beneficiam com isto, ainda que eles não possam senti-lo de forma tangível.

Da mesma forma, cada vez que você experimenta uma cura pessoal e se torna livre da limitação de padrões ao nível do DNA, você ajuda a curar a sua linhagem familiar e do mundo!

Fonte: http://stelalecocq.blogspot.com/2013/09/prepare-se-para-o-portal-do-equinocio.html

http://www.selacia.com

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Grata Regina!

 LUZ!

STELA

Sobre as enchentes


Aqui na região de Blumenau tivemos três grandes eventos recentes ligados a água. Em 2008, em 2011 e agora em 2013.

A intensidade das chuvas causou alagamentos, deslizamentos, perdas as mais diversas em termos materiais além de emocionais.

A nossa região já vem apresentando isto há muitos anos, mas se intensificou ultimamente. Tirando fora questões ambientais como desmatamentos, poluição e a ação humana em termos de ocupação de áreas mais suscetíveis podemos, e eu creio que devemos, pensar esta questão sob outro aspecto. Não sei se espiritual ou metafísico seria a palavra indicada!

Mas a água está ligada a questões emocionais, aos nossos sentimentos. E esta ação dos rios transbordando nos remete também as nossas emoções transbordando.

É claro que as enchentes não são exclusividade de Santa Catarina, ocorrem ao redor do mundo. São cíclicas também. Tem causas muitas vezes extremamente específicas. Certo.

Mas mesmo assim é necessário se pensar nesta questão emocional. Pesquisar, observar, analisar de que forma as emoções da população estão sendo tratadas, de que forma a população destas áreas se relaciona com seu aspecto emocional a ponto de serem necessários estes eventos para que ocorra um equilíbrio.

Todos os habitantes da região são afetados, não apenas aqueles que tiveram suas casas invadidas pela água ou seus bens perdidos. Negócios são adiados, festas e comemorações perdem o sentido, viagens e turismo em baixa, diversas situações são colocadas em estado de espera até que tudo volte ao normal.

Assim, não são as emoções apenas daqueles que são afetados diretamente pelas águas que estão em ebulição. São as emoções de todos os habitantes da região afetada.

E o que, em termos emocionais, nos liga a todos?

O que, em termos emocionais, não está recebendo a devida atenção?

São perguntas profundas e importantes.

Passa pela atenção que cada um de nós dispensa a buscar uma resposta a correção dos rumos para que os eventos não sejam mais necessários.

Infelizmente a maioria de nós não faz mais do que se lamentar……

Resta para alguns poucos mais lúcidos buscar dentro de si mesmo respostas e explicações capazes de influenciar os demais para que também iniciem um processo de cura interno.

Se muitos não são capazes por si próprios de iniciar um processo de crescimento destes os poucos que conseguem ter este tipo de consciência precisam se responsabilizar por isto. E, assumindo esta responsabilidade, dar o exemplo necessário.

Exemplo que não precisa ser verbal, que não precisa ser exposto publicamente, mas que se manifestará energeticamente, mentalmente, espiritualmente.

A mudança de consciência de uns poucos irá se espalhar e atingirá outros tantos.

Não é um processo muito complicado. Exige mais sinceridade e honestidade com seus próprios sentimentos e emoções do que qualquer outra coisa.

Mas não podemos dizer que seja algo simples ou fácil.

Entretanto, precisa acontecer. Pois esta série cíclica de enchentes e alagamentos precisa ser modificada. Ou então, se isto continuar a ocorrer é porque a sua sequência ainda tem alguma razão de ser.

Congresso Brasileiro de Radiestesia e Radiônica


A ABRAD – Associação Brasileira de Radiestesia e Radiônica, realiza o seu IX Congresso Brasileiro de Radiestesia e Radiônica, que será realizado nos dias 5 e 6 de outubro de 2013, em São Paulo, Brasil.

Proporcionar um grande encontro entre profissionais radiestesistas e proporcionar um intercâmbio de conhecimentos, trabalhos e pesquisas a nível nacional e internacional é o objetivo. O sucesso será a sua presença.

Investimentos:
• Até 30 de setembro de 2013, R$ 181,00 (Associados da ABRAD, R$ 158,00);

• DATA LIMITE PARA INSCRIÇÕES EM 2 DE OUTUBRO DE 2013.
• Após esta data não serão aceitas novas inscrições.

Obs.: NÄO HAVERÁ INSCRIÇÕES NO LOCAL DO EVENTO, portanto, os interessados deverão efetuar as suas inscrições com antecedência.

Procedimento para Inscrição
Enviar a ficha de inscrição anexa (Download PDF) devidamente preenchida, preferencialmente em letras de forma, para a ABRAD, juntamente com cópia do comprovante do pagamento da inscrição, por fax (11) 3088-1927, pelo Correio ou ainda escaneado via e-mail.
• Depósitos no Banco Itaú S/A, Agência 8886, conta corrente 01190-0,
em nome de Paulo Seiji Kurihara.

Obs.: O valor pago refere-se única e exclusivamente à taxa de inscrição no congresso, não incluindo despesas de transporte, alimentação e hospedagem, nem de participação em atividades pré e pós-congresso que venham a ser eventualmente oferecidas.

Cancelamentos e Devoluções
O cancelamento da inscrição, se realizado até o dia 30 de junho de 2013, terá o ressarcimento de 60% do valor pago. Após esta data e até o dia 31 de agosto de 2013, terá o ressarcimento de 30% do valor pago. Qualquer pedido encaminhado após 31 de agosto de 2013 não terá direito a nenhum ressarcimento do valor pago.

Locação de Espaços para Estandes
Os interessados em divulgar suas atividades particulares dentro da área (livros, vídeos, fotos, revistas e equipamentos em geral) poderão solicitar a reserva do espaço disponível até o dia 30 de julho de 2013.
Informações: E-mail: abrad.eventos@gmail.com ou paulo@abrad.com.br

Local do Evento: Hotel Mercure Apt Central Towers
Rua Maestro Cardim, 407 – Tel. (0**11) 2853-7000
Informações e reservas com o setor de eventos

Promoção e Organização
ABRAD
Associação Brasileira de Radiestesia e Radiônica
Rua João Moura, 591 – Cerqueira Cezar
CEP 05412-001 – Sâo Paulo – SP
Fax.: (0**11) 3088-1927
Site: www.abrad.com.br

Maiores Informações
1. Paulo: (11) 3088-1927 (2ª, 4ª, 5ª e 6ª feiras)
E-mail: abrad.eventos@gmail.com ou paulo@abrad.com.br
2. Mahat Artesanal: (11) 2955-8460
3. (11) 5052-7130 com Marcia

Hospedagem – sugestões
Download PDF: Hotéis Listas

Apoios
BIOACCUS – Comércio de Produtos Terapêuticos (São Paulo/SP)
MAHAT ARTESANAL – Instrumentos e Produtos Radiestésicos e Radiônicos (São Paulo/SP)
JORNAL “O LEGADO”
HYLEM
– Distribuidora de Águas (São Paulo/SP)
Instituto TERRA de Radiestesia e Geobiologia (Florianópolis/SC)
Instituto Magnus de DOMOTERAPIA (Florianópolis/SC)
CEATA – Centro de Estudos de Acupuntura e Terapias Alternativas (São Paulo/SP)
UCIR – União Científica Internacional de Radiestesia (Havana/Cuba)
ANAMO – Associação Nacional de Acupuntura e Moxabustão (São Paulo/SP)
SINATEN – Sindicato Nacional dos Terapeutas Naturistas (São Paulo/SP)

Os Ciclos e a nossa vida diária


Existem diversos ciclos na natureza mas o homem moderno parece que se esqueceu deles ou então que não tem paciência para reconhecê-los e aproveitar o que cada um pode oferecer.

Este distanciamento nos mostra também o quanto nos distanciamos do nosso corpo físico, o quanto nos acostumamos a considerar esta maravilhosa ferramenta apenas uma carcaça cheia de limitações e dificuldades.

O primeiro ciclo natural que temos é a sucessão de dias e noites, o ciclo Diário. Este ciclo influencia diretamente a nossa vida e é o que menos ignoramos. Sono e fome nos lembram constantemente que o dia está passando, a noite vem chegando…

O próximo ciclo em termos de importância, na minha opinião, é o ciclo Solar. Primavera, Verão, Outono e Inverno. Ou seja a passagem das estações. Dadas as grandes mudanças climáticas que ocorrem no planeta nos últimos anos em muitos locais temos apenas duas estações: o Inverno e o Verão. Primavera e Outono acabam se confundindo e persistem apenas como uma data do calendário.

No ciclo Solar temos ainda dois eventos muito importantes: O Solstício e o Equinócio. Cada um deles ocorre duas vezes por ano. Temos então o Solstício de Inverno e o de Verão e o Equinócio de Inverno e o de Verão. Os povos antigos valorizavam sobremaneira estes dois momentos, com festividades e comemorações. Atualmente a maioria das pessoas desconhece por completo estes eventos.

Na verdade as pessoas estão muito poucos preocupadas com o ciclo Solar, a preocupação maior é se está frio demais, ou calor demais, ou úmido demais ou seco demais….. mais para reclamação e inconformidade do que qualquer outra coisa.

O terceiro ciclo, e talvez o mais ignorado na minha opinião, é o ciclo Lunar. A Lua, nosso satélite, passa por quatro fases: Nova, Crescente, Cheia e Minguante. A lua controla as marés, as águas do planeta e em seu aspecto metafísico influencia diretamente nosso inconsciente. Levando em consideração que nosso corpo é formado por aproximadamente 65% de água não há como ele não ser influenciado por estes ciclos da Lua.

Mas…. em que Lua estamos mesmos?

Alguns de nós ainda guardam o hábito de olhar para o céu e observar a Lua. Alguns calendários trazem a informação do ciclo Lunar. Mas quem observa isto mesmo?

Antigamente algumas crenças eram muito fortes, como por exemplo cortar o cabelo na Lua Crescente iria acelerar o crescimento dos fios. Já na Lua Nova os fios vão ficar mais fortes. Talvez em algumas cidades do interior isto ainda seja levado em consideração, mas mais por uma tradição sem o embasamento teórico.

Mas… será que é realmente importante saber alguma coisa sobre estes ciclos. Em um mundo tão informatizado, tão conectado, tão on-line….. será que tem alguma utilidade esta informação?

De minha parte eu creio que devemos ao menos ponderar sobre estes ciclos e sobre como reagimos a cada um deles.

Devemos ao menos tentar perceber como eles influenciam nosso dia a dia, nossas ações e nossa vida.

Talvez alguns se surpreendam com as observações e percepções.

:>