Texto sobre o mestre Irineu

O mestre Irineu foi o fundador, criador, do Santo Daime. Muito já se escreveu sobre ele, a seguir um texto que gostei bastante:

 Aí o Antônio Costa foi e deixou ele mais entusiasmado…

Ele (Mestre Irineu) perguntou:

– Rapaz, tu conhece esse material que eles utilizam (pra fazer a Ayahuasca)?

Aí ele (Sr. Antônio) disse:

– Conheço. E por aqui tem é muito.

– E é rapaz? Me mostra.

Antônio Costa foi mostrar o Jagube (cipó) e a Rainha (folha). Aí o Mestre Irineu um dia, pôs na cabeça, aí perguntou:

– E como é que eles fazem?

– Eles batem. Informou. Cozinham e etc. e tal… Um chá, é isso aí.

Aí foi quando o Mestre Irineu preparou um pouco daquele material indicado.

Fez como Antônio Costa pediu, fez lá um pouco. Mas o Antônio Costa viajou porque ele trabalhava no comércio como regatão, dentro daqueles seringais, naquelas colocações que margeavam o rio. Aí na hora dele beber ele temeu, achando que tava sozinho. Ele não sabia como reagiria e aí temeu:

– Eu vou esperar o companheiro voltar. Quando ele chegar aí eu vou convidar ele. De dois é melhor.

Quando o Antônio Costa retornou, ele foi e contou a história e disse:

– Ói, tá aí. Eu tava te esperando pra nóis tomar.

Aí o Antônio Costa quis refugar:

– Rapaz você não conhece e eu também não. E depois se isso aí der um negócio aí, o contrário… Como é que nós vamos se arrumar?

Aí o Mestre Irineu foi e disse assim pra ele, que era quando era fácil de ele pegar o Antônio Costa.

– Rapaz eu tava pensando que tu ia tomar mais eu, tu não vai tomar não?

Então tu não é homem não rapaz (risos)… (Era quando mexia aí nessa tecla).

Ele (Mestre Irineu) disse:

–Você é homem?

Ele disse:

– Sou, e vamos tomar.

Aí eles tomaram. O Antônio Costa foi quem teve a primeira visão com a Rainha. Ela identificou-se. Ele anunciou pro Mestre assim que tinha uma senhora ali, dizendo que tinha sido a companheira do Mestre desde que ele saiu do Maranhão.

– E ela tá aqui conversando comigo (falou o Sr. Antônio).

Aí ele (Mestre Irineu) disse:

– Pergunta como é o nome dela?

– Irineu, ela tá dizendo que o nome dela é Clara.

Aí foi que o Mestre se enrolou mais, porque além de no navio, no transporte que pegava de lá pra cá, não vinha mulher, só vinha homem… E essa Clara?

– Bom, ela tá dizendo que tu te prepares que dia tal ela vem. A gente toma Daime que ela vem. Aí vai se apresentar a ti mesmo.

Ficou acertado assim, e ele já ficou ansiando pra chegar o dia. Até que chegou o dia marcado. Ele tomou. Foi quando ela realmente apareceu pra ele, tendo como o seu trono a lua. Ela veio pousada dentro da lua. Aí ele pasmou. Ele nunca tinha visto e nem imaginava de estar ali diante de tanta formosura. Porque ela era tão visível que ele definia nela tudo. Toda a beleza, as pestanas, as sobrancelhas… Uma divindade. Foi quando ela falou pra ele, se identificou como mãe, disse:

– Eu sou a tua mãe. A Clara justamente. Você tá aqui na presença dela, tua mãe, a Virgem da Conceição. Ou tu acha que tu tá enganado? Tu tá me vendo aqui como Satanás é?

– Ave Maria, minha mãe. Nunca, nunca. Não tem lógica. Jamais.

– Mas tu imagina o que de mim? Eu sou uma feiticeira?

– Ave Maria minha mãe, jamais.

– Então é tu mesmo que vai dizer, quem é que tu acha que eu possa ser.

Aí ele disse que só acertou dizer pra ela:

– A senhora pra mim é uma Deusa Universal.

Juntou todo o quadro… não dava outra coisa, a não ser uma Deusa Universal. Foi quando ela disse:

– Mas tu acha que o que tu ta vendo alguém já viu?

Aí ele embaraçou… Até porque ele era um iniciante e essa bebida já vinha…

E ele achou que ele tava vendo era o resto daquilo que os outros deixaram de ver. Ela disse:

– É teu engano. Porque o que tu tá vendo aqui ninguém nunca viu. Daquela forma, ninguém nunca viu. Só tu. Portanto, eu quero firmar um compromisso contigo e mais adiante um pedido tu me pedes. Aí eu tô pronta para atender.

(entrevista, maio/2007, Rio Branco – AC)

Fonte: http://repositorio.bce.unb.br/bitstream/10482/11880/1/ARTIGO_BreveHist%C3%B3ricoRessignifica%C3%A7%C3%A3o.pdf

:>

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s