Feitiço do Tempo


Um filme antigo mas muito interessante: O Feitiço do Tempo, com Bill Murray. Acho que é possível encontrar ainda em alguma locadora de vídeo.

Aqui uma análise muito bem feita.

feitiço

No site abaixo tem uma versão de baixa qualidade, mas boa o suficiente para assistir se você não for muito exigente:

clique aqui.

Antes de começar a assistir tem que clicar no x em vermelho para fechar as propagandas!!

E neste site tem uma breve análise do filme:

clique aqui.

:>

Anúncios

Quadro I – Procurando o Touro


O Pastoreio do Touro

Quadro I – Procurando o Touro

Quadro I

Diz o poema:

Desolado através da floresta, com medo, nas selvas, ele procura o touro e não encontra.

Para lá e para cá, grandes rios sem nome; nas profundezas dos ermos das montanhas ele segue muitas veredas.

Cansado de coração e corpo, continua sua busca por aquilo que não pode ainda encontrar.

De tardinha, ouve as cigarras cantando nas árvores.

O touro, na realidade, nunca foi perdido.

Então, porque procurá-lo?

Tendo dado as costas a sua verdadeira natureza, o homem não pode vê-lo. Por causa de suas ilusões, ele perdeu o o touro de vista. Repentinamente, se acha confrontado por um labirinto de encruzilhadas. Desejos de ganhos e medos de perda sobem como chamas; ideias de certo e errado aparecem como punhais.

O primeiro quadro reflete a condição de todo ser humano. Esqueceu a sua verdadeira natureza.

O touro, ou seja, a nossa personalidade, nunca esteve separada do verdadeiro espírito.

Fonte: Revista Planeta, Zen-Budismo, número 136-A de Janeiro de 1984.

 

 

 

O Pastoreio do Touro


O Pastoreio do Touro consiste em 10 quadros de autoria do mestre Zen Kaku-as Shi-en (960-1279) da dinastia Sung. Ele usou este artifício para ilustrar as etapas da doutrina Zen. Este monge também é o autor das palavras de introdução e dos poemas que acompanham cada um dos quadros.

Fonte: Revista Planeta, Zen-Budismo, número 136-A de Janeiro de 1984.

Eu gosto muito desta visão. Ao mesmo tempo que em nos oferece uma perspectiva permite que a gente se auto-avalie conforme o nosso avanço interior e nossa lucidez.

Vou postar um a um para dar tempo de ponderar a respeito.

:>