Chama Violeta

Uma ferramenta interessante e que está disponível para todos os seres humanos é a Chama Violeta.

Existem muitas histórias sobre ela e sobre o que se pode fazer com a Chama, algumas são claramente devaneios enquanto que outras são muito uteis.

O conceito da Chama Violeta está vinculado a Grande Fraternidade Branca e ao mestre ascensionado Saint Germain.

Conta-se que Guy Ballard, mentor do movimento Eu Sou (I Am) recebeu esta ferramenta aos pés do monte Shasta, na Califórnia – Estados Unidos por volta de 1930. E que esse monte é o principal foco de irradiação da Chama para o planeta.

A Chama Violeta tem um poder muito especial de transmutar as energias negativas em positivas. Incluindo pensamentos, sentimentos e ações.

Podemos perceber que existe todo um conjunto de crenças por trás da Chama Violeta. Entretanto eu acredito que não é preciso concordar com todo este arcabouço de conhecimentos, teorias e leis envolvidas.

Eu mesmo tenho muito pouca afinidade com o total deste sistema de crenças, mas tenho usado a Chama Violeta há muitos anos com muitos benefícios, não apenas para mim como para as pessoas que fazem terapia comigo.

O meu contato com a Chama Violeta começou quando eu fiz o curso de Magnified Healing, isto em outubro de 2007.

Durante o curso, em um determinado momento eu comecei a sentir um certo formigamento na palma das minhas mãos. Algo um pouco indefinível no momento, mas fiquei com aquela impressão por algum tempo. Não comentei nada com a professora nem com os colegas. Após alguns minutos a professora começou a falar sobre a Chama Violeta, suas utilidade e seus benefícios. Então eu comentei que era isto que estava ativo em minhas mãos e me causando uma sensação muito estranha. Fato que ela confirmou.

A partir deste momento eu comecei a usar a Chama Violeta em várias situações. Mas confesso que não me interessei em pesquisar nem em saber mais sobre ela. Me pareceu algo tão natural e útil que não me despertou maior curiosidade. Preciso dizer também que os ensinamentos adjacentes, como sobre o mestre Saint Germain, despertaram ainda menos interesse. :<

Recentemente este assunto me surgiu na mente com maior intensidade e, para escrever no Blog, eu fui pesquisar um pouco mais.

Existe muita informação, muita fantasia também, sobre estes ensinamentos. Mas podemos encontrar alguns sites sérios e bem criteriosos. Creio que o mais interessante deles é o site da Summit Lighthouse, uma organização filosófica sem fins lucrativos. O site deles tem muitas informações é é muito útil para quem se interessa pelo assunto.

Eu pretendo continuar a usar a Chama Violeta nos mais diversos momentos, mas não tenho vontade de adotar as crenças envolvidas.

:>

 

Anúncios

4 comentários sobre “Chama Violeta

  1. É o mais conhecido yantra do Yôga, traçado chama-se ômkara pronunciado chama-se pranava. Este símbolo é tão antigo que sua origem é incerta. Podemos dizer que ele vem de um período tão antigo como as primeiras civilizações que habitaram o local que hoje é chamado de Índia, em um período anterior a invasão ariana. Sua escrita curvilínea em nada se assemelha ao traçado retilíneo do dêvanágari que é o alfabeto utilizado para escrever sânscrito.

    Curtir

  2. Olá, eu fiz Magnified Healing e começei a sentir esse formigamento nas mãos, mas não sei como usar a energia. Você poderia me ajudar? Grata!

    Curtir

    • Olá Melissa,

      O uso da chama violeta é bem intuitivo.

      É baseado sobretudo na visualização, assim você pode imaginar vários usos para esta ferramenta de luz.

      Eu gosto bastante de imaginar a chama nas minhas mãos, queimando, purificando qualquer energia densa.

      Gosto também de imaginá-la ao redor de pessoas, prédios, casas, carros.

      As vezes eu passo as mãos sobre o corpo dos clientes imaginando a chama violeta purificando o campo áurico dos mesmos.

      Dentro da aplicação da chama, que é a purificação e transmutação o único limite é a sua mente.

      Mas faça alguns experimentos e depois compartilhe aqui no blog.

      Obrigado pela visita.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s