Pensamentos

Eu sempre gostei de pensar em mim como esta música do Raul Seixas: uma metamorfose ambulante.

Sempre em transformação, sempre mudando.

É algo por vezes contraditório, pois sinto em mim mesmo uma necessidade de regras, de rotinas, de estabelecer um padrão, um ritmo.

Mas ao mesmo tempo, ao determinar um padrão, eu me movimento de forma a evitar a rotina. É quase uma sabotagem :>>>

Pensando neste aspecto eu me lembro um pouco do meu mapa natal, acho que deveria observá-lo um pouco mais, para identificar melhor estes movimentos pró e contra a rotina.

Trabalhar com informática me deixa satisfeito, nesta área a gente encontra campo para a rotina e para a inovação.

Mas trabalhar como terapeuta é ainda mais recompensador. A imensa variedade de pessoas com quem eu entro em contato impede qualquer forma de rotina. E a possibilidade de entrar em contato com a minha intuição é uma fonte inesgotável de criatividade e possibilidades.

 

:>

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s