Disponibilidade

Disponibilidade é um conceito interessante.

Diz respeito ao quanto estamos acessíveis para uma determinada atividade. Qualquer atividade.

Falando mais especificamente em Terapias a disponibilidade é fundamental. Ela está diretamente relacionada com a quantidade de trabalho e de clientes que temos. Também está relacionado com a nossa capacidade energética, ou capacidade de oferecer esta energia, de servir como canais.

Entrei em contato com este conceito durante o trabalho de voluntário que fiz no CVV de Blumenau. Na verdade foi um reconhecimento, um nomear, algo que eu já tinha e praticava. Mas neste processo houve um aumento de energia e de consciência. Algo que sou muito grato ao CVV e aos voluntários que lá trabalham.

Em terminadas épocas é possível perceber o quanto esta disponibilidade está ativa, em outras não. Normalmente quando percebemos ocorre um aumento em nossa energia que nos permite ter esta percepção e também pode estar associada a um ponto de inflexão em nossas vidas, um ponto de mudança.

Perceber que estamos, ou não, disponíveis é fundamental para um terapeuta que trabalha com energia, com técnicas como o Reiki, Radiestesia ou Magnified Healing por exemplo.

Mas é algo um pouco complicado de fazer. É preciso muita sinceridade e honestidade para reconhecer estes momentos. Já que somos nós que causamos, ou não, esta disponibilidade é preciso honestidade para avaliar como estamos conduzindo nossa vida neste momento e assim diagnosticar as causas, principalmente da falta de disponibilidade.

Excesso de disponibilidade pode ser um problema também, pode significar que estamos com uma tendência a nos doar mais do que deveríamos, ou mais do que poderíamos. Normalmente após isto ocorrer passamos por alguns momentos de baixa energia, de introspecção, de solidão. Que é o necessário para nos recuperarmos.

Momentos de excesso em demasia causam problemas de saúde, problemas físicos como pequenos acidentes, desencontros entre outros.

Falta de disponibilidade normalmente está associado com excesso de atividades. Com muitos horizontes, com falta de foco. Queremos fazer tudo ao mesmo tempo.

A falta de disponibilidade conduz a frustração. Ou seja, acabamos por não conseguir nos dedicar a atividade que mais gostaríamos, ou a atividade mais indicada no momento. Perdidos no meio de tantas ações, de tantas frentes de trabalho acabamos também desgastados, e se persistirmos…. adoecemos.

Esta é uma das funções da doença: nos avisar de que nosso ritmo não está equilibrado!

Trabalhar com terapias energética envolve também muita disciplina. As duas coisas estão associadas. Disciplina em cumprir certas rotinas, em executar atividades, em estar nos locais necessários, em se observar, se analisar constantemente. Dia após dia, semana após semana. Sem folga. Mas com prazer, com alegria.

Disciplina com alegria é ótimo. Não há culpa, preocupação, controle ou cobranças. Fazemos o que precisamos!

Ao longo do meu trabalho com o Reiki e o M. Healing tenho procurado me manter atento e observar.

Nem sempre tenho tantos clientes quantos gostaria, ou tantos atendimentos e iniciações como gostaria. Mas observo a cada momento se estou ou não disponível e consigo encontrar respostas para os variados momentos que atravesso. Assim mantenho o equilíbrio e reduzo as falsas expectativas.

Procuro também observar a disponibilidade dos clientes. Observar como ela flutua a medida que cada um deles avança pela terapia e pelo desenvolver da técnica. Tento me manter isento nestes momentos, tento influenciar o mínimo possível.

É interessante observar que muitos clientes necessitam de algo mais do que a imparcialidade do terapeuta. Seja pelo momento que estão vivendo, pelo ponto de baixa energia que estão passando. Então nestes momentos e com estes clientes eu procuro deixar claro o que está acontecendo, para que eles mesmos assumam o controle. Não há utilidade em transferir o controle sobre a nossa vida para outra pessoa, mesmo para um terapeuta por melhor preparado que esteja.

Aplicando o conceito: precisamos também estar disponíveis para a mudança e para assumir as nossas próprias responsabilidades.

Nestes casos o melhor caminho é oferecer alternativas. É descortinar horizontes e auxiliar o cliente a escolher por um deles, ou, ao menos pesar cada um deles de acordo com a sua maneira de ser e de viver.

Isto também é respeito para com o cliente. Entender o momento em que ele vive sem julgamentos ou cobranças.

E, ao final, permitir que flua energia para o melhor!

:>

Anúncios

2 comentários sobre “Disponibilidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s