Catarse

A catarse é um processo de purificação. Ocorre em vários níveis e pode ser promovida por uma técnica de cura como o Reiki ou o Magnified Healing, mas não apenas por estas técnicas. Quando ocorre motivado por outro meio que não uma técnica de cura pode até mesmo passar despercebido e não ser plenamente aproveitado.

O nome, eu confesso, é um pouco estranho mas o processo é muito interessante e importante. Além disto é muitas vezes mal-interpretado tanto pelo terapeuta quanto pelo cliente. As vezes pode-se encontrar na literatura o termo ab-reação como sinônimo de catarse, mas também não é uma palavra muito agradável.

A catarse pode ser motivada por assistir um filme intenso ou por vivenciar uma situação dramática, ao participar de um culto religioso ou mesmo ao relembrar alguma situação do passado. Estas situações provocam um fluxo de energia emocional que nos permite liberar energias e bloqueios energéticos que nos prejudicam e causam doenças.

Um fato interessante é que situações onde a catarse se manifestam podem ser bem corriqueiros, por isto acabamos por não dar a devida atenção, perdendo um pouco do aproveitamento do processo. Isto significa que nem sempre a catarse ocorre de forma intensa e explícita, pode ser também mais suave, tranquila.

Crises de choro, desespero, raiva, diarreia, vômito são sintomas do processo catártico ocorrendo. São situações intensas, provocadas por emoções intensas.

Mas o processo pode ser mais sutil, pode ocorrer no plano mental, onde ideias e formas de pensar são radicalmente modificadas. Uma situação muito comum é a tristeza intensa que nos acomete muitas e muitas vezes.

Em todos estes momentos algo está sendo liberado em nosso ser. Um espaço está sendo aberto para o nosso crescimento.

O nosso maior erro consiste em não avaliar, interpretar, corretamente o que está nos acontecendo. Eu penso que no momento em que estamos de nossa evolução não existe aprendizagem sem sofrimento, ou quando acontece é em um momento muito raro. Só podemos crescer liberando a dor emocional ou mental que nos aflige e isto requer um certo sofrimento, seja físico, emocional ou mental.

Após uma sessão de Reiki ou de Magnified Healing não raro o cliente se sente mal. Inicialmente temos a tendência de achar que a culpa foi da técnica de cura, ou do terapeuta que fez algo de errado. Muitos inclusive não voltam para as sessões seguintes.

Estas são atitudes impensadas e avaliações incorretas.

Normalmente quando me relatam estes acontecimentos eu costumo dar os parabéns para o cliente!!! É claro que depois eu explico a razão, :>>

Quando ocorre uma catarse desta ordem, na qual o cliente tem uma vivência tão intensa é porque a purificação está sendo profunda também. Isto também significa que as energias da sessão do Reiki foram bem utilizadas e que há um grande material energético que está sendo colocado em dia pelo cliente. E infelizmente precisamos sofrer para nos livrar desta carga.

O que está sendo posto para fora, que está sendo trazido a luz da consciência, seja um sofrimento físico, emocional ou mental, é algo não é mais necessário e que precisa ser liberado. Após este acontecimento, e após nos recuperarmos, poderemos crescer novamente, poderemos voltar ao nosso estado de equilíbrio.

Nem sempre uma sessão de cura promove uma catarse, nem sempre a catarse é tão evidente, mas ela ocorre de muitas formas e sempre somos beneficiados.

É preciso então que o terapeuta informe isto ao cliente e o prepare para aproveitar da melhor forma possível a vivência. É preciso também que o terapeuta saiba que isto ocorre, que é natural e desejável.

Do lado do cliente que foi orientado a vivência pode se tornar mais intensa e útil.

Para aqueles clientes que não sabem a razão do acontecimento devem procurar o terapeuta relatar e questionar a respeito do que vivenciaram, isto promoverá um aumento de consciência e um aumento do nível de energia, além de um melhor aproveitamento das sessões subsequentes, levando-se em consideração que uma confiança maior no trabalho estará sendo desenvolvida.

Não mistificar e também não valorizar demais a catarse é importante. Considerar como algo natural e necessário é a melhor atitude, mesmo que seja complicado de fazer algo assim no começo.

 

:>

 

Anúncios

5 comentários sobre “Catarse

  1. Ola. Estou fazendo um tratamento para liberar minhas catarses, porém acho que estou sofrendo demais…..estou tendo crises de ansiedade, panico, choro muito, fico deprimida…..isso é normal? Não sei se quero passar por todo esse sofrimento, sei que é para um maior crescimento mais preciso sofrer tanto assim? Detesto ter essas sensações fisicas, frio na barriga, muita dor de cabeça….se fosse apenas ficar triste eu suportaria, mas o que acaba comigo são os sintomas fisicos….estão parando com a minha vida pois não consigo nem sair de casa…..estou ouvindo uns audios do Helio Couto o que estão liberando essa catarse em mim….Gostaria de saber se existe alguma forma de passar por isso mais facilmente, com menos sofrimento? Desde já agradeço.
    Kellen

    Curtir

    • Olá Kellen,

      Obrigado pela visita ao Blog e pelo seu depoimento.
      Olha, a gente não precisa sofrer tanto!!!
      Mas para isto precisamos mudar um pouco, abrir a mente para outras abordagens da realidade, buscar mais informações, se conhecer mais.
      É um processo de médio a longo prazo, não há como queimar etapas. Persistir vale a pena!!!
      O trabalho do Hélio é muito legal.
      Procure também um terapeuta reikiano, o Reiki ajuda muito nestes momentos.
      Eu faço um trabalho com Reiki a distância e com atendimentos por vídeo-conferência, se você quiser fazer um atendimento para conhecer é só me avisar pelo e-mail, lfcramos@gmail.com ou aqui no blog.
      :>

      Curtir

  2. Olá. Nunca fiz sessões reiki, mas buscando pelas palavra orgonite, vômito e diarréia. Acabei chegando nesse pastagem. pastagem.
    Acaba de me ocorrer que oq estou passando nos últimos dias pode ter a ver com o orgonite. Estou com ele desde segunda feira. Desde terça apresento diarréia e na madrugada de quinta, vômito. Essas duas coisas não têm motivo aparente, posto que não ingeri nada incomum nos último dias, então acabei de me questionar se pode ter relação com o orgonite. Oq me diz?

    Curtido por 1 pessoa

    • Olá Laryssa,
      Sim, pode ser uma reação de adaptação sua a energia do orgonite.
      Para diminuir um pouco os sintomas afaste-se do orgonite por uns dias, deixe-o mais distante de você, assim esta purificação vai ocorrer de forma mais moderada.
      Qualquer coisa escreva.
      Grato

      Curtir

      • Olá, Luis.
        Retorno para relatar que o dia em que vomitei foi o último em que me senti mal. Depois disso assisti a um vídeo, que coincidentemente é seu, sobre programação de orgonite e já estou usufruindo das energias programadas. É simplesmente incrível!
        Muito obrigada por usar a internet para compartilhar seus conhecimentos.

        Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s