As mãos do terapeuta

Um cuidado muito importante que o terapeuta em Reiki, Magnified Healing, massagens de vários tipos e outras técnicas diversas é com uma parte do corpo de uso fundamental nestes exemplos: as mãos.

Manter as mãos em bom estado inclui mais do que cortar as unhas e lavar as mãos ao final da sessão. Outros cuidados são necessários mas muitas vezes passam despercebidos ou então são negligenciados pelo terapeuta.

As vezes a correria do dia a dia, os vários atendimentos acabam por atrapalhar e causam a falta de atenção do terapeuta, que só vai observar este ponto quando o cliente comenta, pergunta ou reclama de algo que o está incomodando. São cuidados básicos mas que são facilmente esquecidos.

Existem dois tipos de contaminação que podemos absorver as físicas, provocadas por vírus, bactérias e fungos, por exemplo e a energética, que ocorre ao entrarmos em contato com pessoas, objetos e ambientes onde estas energias densas e negativas esteja acumuladas. Como as mãos são a forma mais comum de nos comunicarmos e entraremos em contato com estas situações o cuidado com elas deve ser sempre muito elevado.

Um fato que eu observo constantemente, principalmente nas terapias com aplicação de Reiki é que minhas mãos ficam quentes e suadas mesmo durante a conversa inicial. Indicativo de que o cliente já está recebendo Reiki durante esta conversa, sendo uma energia mais densa acaba por provocar estes sintomas. Se não tenho o cuidado de pedir licença e ir ao banheiro lavar as mãos com certeza o cliente se sentirá desconfortável quando eu estiver aplicando na região da cabeça e dos olhos. Como estas posições da cabeça são o início de tudo pode influenciar toda a aplicação, pois devido a má impressão inicial o cliente não consegue se desligar, relaxar para aproveitar melhor o momento.

Alguns cuidados com as mãos:

  • evite o uso de produtos químicos que possam deixar um cheiro residual em suas mãos, tal como cloro ou detergentes muito perfumados;
  • corte e lixe as unhas regularmente (parece muito básico mas é comum esquecer);
  • evite unhas muito longas, isto pode causar um arranhão no corpo do cliente ao executar alguma técnica, além de serem potencialmente locais de acúmulo de resíduos;
  • cuidado com cremes hidratantes e sabonetes muito perfumados ou que contenham produtos químicos muito fortes, as vezes deixam resíduos nas mãos que podem contaminar as roupas e utensílios. Além disto podem reagir com o suor das mãos e causar alguma irritação no corpo do cliente que vier a ser tocado durante a aplicação;
  • ao usar óleos essenciais deve se ter o cuidado de não perguntar ao cliente se a essência escolhida não lhe causa nenhuma rejeição. Nem todas as pessoas gostam das mesmas essências que o terapeuta gosta. Isto pode causar desde um leve mal-estar até um grande desconforto que muitas vezes não é verbalizado, mas que pode acabar por afastar o cliente da terapia;
  • ao fazer a limpeza do ambiente de trabalho, ou da própria casa, no dia que antecede as aplicações ou no mesmo dia cuide para que ao lavar suas mãos ao final não fique nenhum cheiro residual, produtos com cloro são mais difíceis de serem removidos. Como podemos nos acostumar com o cheiro peça a um familiar, ou amigo, para observar como estão suas mãos;
  • mantenha limpo e bem-feito curativos, troque-os regularmente para evitar a sujeira e uma possível infecção, além de evitar a má impressão;
  • faça exercícios e alongamentos com suas mãos, dedos e braços, para que fiquem ágeis e flexíveis. Isto ajuda na execução de mudrás e também a manter a posição de aplicação por mais tempo sem cansar;
  • lave as mãos ao receber dinheiro ou utensílios que possam causar alguma contaminação energética ou física;
  • lave as mãos assim que chegar ao seu local de trabalho. Durante nosso percurso tocamos em outras pessoas, em animais, em portas e maçanetas, dinheiro, botões de elevador, chaves entre tantos outros objetos. Isto pode causar algum tipo de contaminação que provoca uma gripe, uma infecção com bactérias, vírus ou fungos. Temos também a contaminação energética que pode ocorrer durante o contato com pessoas ou objetos, acabamos por absorver energias densas, negativas que podem nos causar diversos problemas. Esta mesma atividade também é essencial ao chegarmos em casa;
  • lave as mãos depois de comer, espirrar e ir ao banheiro. Isto soa muito básico, mas é um cuidado essencial que muitas vezes negligenciamos devido a pressa diária;
  • lave as mãos depois de terminar a aplicação, isto tem motivos higiênicos pois tocamos muitas vezes no corpo e na roupa do cliente e isto pode causar a absorção de energias densas e também suor ou resíduo de produtos como cremes e talcos;
  • cuide ao colocar o dedo no nariz ou na boca após uma aplicação, um aperto de mãos ou depois de tocar em dinheiro. São fontes de contaminação e de transmissão de doenças;
  • não se sinta envergonhado ao pedir licença ao cliente para ir ao banheiro lavar as mãos antes da aplicação. Pelo contrário, explique a ele as razões e de o exemplo.

São cuidados básicos, essenciais, capazes de promover uma melhora nos atendimentos e na relação com os clientes assim como uma melhor qualidade de vida para nós mesmos ao cuidarmos mais de nossa saúde. Incluí-los na rotina diária é muito simples e fácil, com um pouco de determinação os resultados vão surgir rapidamente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s