Cruz Celta

A cultura Celta nos legou uma série de símbolos interessantes, as crenças estão representadas em muitos deles e alguns foram adaptados pelos povos que os sucederam.

A Cruz Celta é um destes símbolos.

Originalmente ela combina o símbolo feminino, o círculo, com o masculino, a cruz, para formar uma imagem que representa a união e é ligada a fertilidade. Esta cruz pré-cristã simbolizava as quatro estações e as quatro direções marcadas no símbolo simbolizavam a Terra.

Mais tarde, a Cruz Celta foi adaptada pelos cristãos para representar a conexão entre o Céu e a Terra. Geralmente as cruzes eram entalhadas com intrincados padrões de videiras, hera e outras plantas que se entrelaçavam e nasciam de um cálice ou taça. Isto simbolizava as propriedades mágicas das plantas e a pós-vida.

Os celtas tinham deuses diferentes, de acordo com o lugar em que viviam. Na Irlanda, Tuatha de Danamn (tribo da deusa Danu) era o nome de um grupo de deuses descendentes de Danu e ainda estão presentes no nome do rio Danúbio. Em uma das suas práticas, os druidas pagãos cortavam um carvalho pela metade, colocando a metade de cima atravessada sobre o tronco, formando um T. Esse era o símbolo druida para seu deus Hu, que também era representado por um boi.

Fonte: Os Símbolos Místicos. Brenda Mallon. Larousse.

Anúncios

2 comentários sobre “Cruz Celta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s