O jeito prático

O Tao não acredita em milagres, mas em métodos científicos para transformar sua vida.

Certo dia, Lao Tzu, Chuang Tzu e Lieh Tzu caminhavam juntos por uma floresta quando se depararam com um rio de águas tumultuosas que se interpunha em seu caminho. Imediatamente Lieh Tzu se sentou à margem do rio e meditou sobre o Tao eterno. Dez minutos depois se levantou e começou a caminhar sobre as águas até a outra margem.

Em seguida, Chuang Tzu se sentou na postura de Lótus durante vinte minutos, depois se levantou e caminhou pelo rio.

Lao Tzu, observando isso com espanto, deu de ombros, sentou-se à margem do rio como os outros e meditou por mais de uma hora. Finalmente, em plena confiança no Tao, fechou os olhos, deu um passo dentro do rio e afundou.

Na outra margem, Chuang Tzu riu riu, voltou-se para Lieh e disse: “deveríamos contar a ele onde estão as pedras?”

o Tao não acredita em nenhuma tolice. Ele é muito pragmático, prático, com os pés no chão.

Fonte: Tao sua história e seu ensinamentos. Osho. Cultrix, página 141.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s