Cura

Não é olhando a luz

que nos tornamos luminosos,

mas mergulhando na nossa escuridão.

Mas este trabalho

é frequentemente desagradável

e, por isso impopular.

Carl Gustav Jung

Não de qual dos livros do Jung este texto foi retirado, mas a afirmação é verdadeira.

Ao longo do tempo encontrei muitas pessoas deslumbradas com o espírito, com o divino, com a força cósmica… mas extremamente carentes de conhecer a si mesmo. E nos momentos em que poderiam conhecer um pouco mais de si mesmos a negação era o caminho preferido.

É doloroso. Eu bem sei. Mas é necessário, imprescindível, na verdade não há outro caminho. Sem reconhecer, aceitar e corrigir dentro do possível, as nossas falhas, as nossas dificuldades, a nossa Sombra, não há como evoluir, não há como se iluminar.

Quem procura este caminho constrói um prédio em uma estrutura de barro, que cedo ou tarde vai ruir e arrastar consigo toda a obra.

E podemos perceber isto todo dia, a imprensa gosta de notícias assim. Fulano de tal, guru, mestre, mentor intelectual, pesquisador é desmascarado…… !!

Triste, muito triste isso, e muito humano também. Pois como humanos somos limitados, apenas nos esquecemos disto.

Mas o caminho do julgamento e da condenação não é a melhor escolha. É preciso ser sincero e honesto consigo mesmo e avaliar o que acontece, o que sentimos. Só assim poderemos nos tornar seres melhores, mais verdadeiros.

–-

Nos meus atendimentos encontro situações assim. As pessoas chegam em um ponto onde algo de ruim sobe a superfície da consciência pra ser trabalhado e melhorado. Mas muitas vezes a escolha recai sobre a negação ou então sobre a fuga do problema.

Estas situações precisam ser conduzidas pelo terapeuta com muito cuidado, com muita dedicação e com uma abordagem séria e comprometida. Somente criando uma ambiente de confiança é possível ao cliente se sentir seguro e apto a enfrentar a dificuldade sem desistir.

O Reiki e o Magnified Healing desempenham um papel muito especial e importante, pois facilitam este processo de limpeza e aceitação, fornecem uma base firme na qual o cliente pode se apoiar e corrigir a situação.

Muitas vezes o processo se passa totalmente inconsciente, em algumas poucas delas o terapeuta consegue compreender o que está acontecendo e, nesses casos, nem sempre pode comunicar ao cliente o que ele percebeu.

Muitas vezes são situações complicadas em que a nossa racionalidade não consegue interpretar corretamente, assim, para evitar transtornos maiores, é preciso se calar e aceitar a cura. Mas ponderar sobre o que se vivenciou, pesquisar, é importante para o próprio crescimento do terapeuta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s