Atentividade

Observar-se, analisar-se, ficar atento ao que acontece com o nosso próprio ser.

Esta é uma atividade muito importante e requer muita força de vontade para enfrentar o que vamos encontrar. A sinceridade e a franqueza com o nosso próprio Eu é um ponto que precisamos focar pois só assim poderemos progredir.

A metáfora de jogar o lixo para debaixo do tapete é muito útil. Principalmente quando notamos que a empregamos mais do que devíamos. Isto ocorre sempre que nos defrontamos com algo em nosso ser que não nos agrada, com algo com o qual não estamos preparados para enfrentar no momento ou mesmo algo que não queremos enfrentar.

Jogar para debaixo do tapete o lixo é uma saída rápida, é mais fácil negar o que sentimos, o que aconteceu, do que enfrentar e resolver a questão. O maior problema é que continuaremos a perder energia enquanto a situação não for resolvida. O problema vai continuar a atuar em nosso inconsciente e prejudicar a nossa vida e as nossas relações interpessoais.

Em grande parte das vezes a solução é bem simples e prática, mas ao mantermos o problema dentro de nossa mente esta acaba por fantasiar e aumentar muito a questão, transformando um simples contratempo em algo imenso. Assim, presos em nossas confabulações mentais nos tornamos ainda mais ligado na perda de energia, o que vai nos desgastar muito ao longo do tempo.

Ao contrário, quando encaramos a questão de frente e buscamos uma solução racional podemos encerrar a perda energética e também estancamos a perda de tempo que a mente iria ter criando fantasias sobre a questão.

A chave para resolver este dilema, qual seja: resolver o problema ou jogar para debaixo do tapete, é começar aos poucos. Resolva pequenos problemas e pequenas situações, fale, expresse a sua opinião, coloque para fora aquilo que está incomodando você no momento. Faça isso aos poucos e vá se acostumando com esta rotina. Você irá se surpreender com o quanto é simples resolver a maioria das coisas que nos aborrece ou preocupa.

Mas o importante: comece com pequenas coisas, comece aos poucos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s